sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Fora da Caixa XX

Nesta manhã o meu filho estava a queixar numa parte da zona do corpo. Pedi para mostrar, mexi para ver se lhe doía ou se tinha um edema.
Quando eu disse:

- Filho não sinto alto nenhum e não vejo nódoa negra. Isso passa!
- Oh pai, gostei dessa palavra!
- Qual palavra filho?
- Isso passa e não é que passou, pai!

12 comentários:

  1. Respostas
    1. É mesmo. A vezes recordo-me quando era pequeno e acontecia o mesmo com os meus pais.

      Eliminar
  2. É incrível como também só ao darmos um beijinho a dor passar automaticamente. Era esplêndido que todas as dores passassem assim. Nem sempre há “milagres” desses. Beijinho 😊

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. Bom dia Magda.
      Quem não teve já? Dores essas tratadas com amor dos pais. 😊😉

      Beijinhos

      Eliminar
  4. Tem razão, o miúdo!!!
    É dar importância e esperança ao mesmo tempo!
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Realmente às vezes só precisamos de carinho para que tudo passe! É bom que ele sinta isso desde pequeno! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, por vezes as "dores" que temos passam com o carinho e atenção das pessoas que mais gostamos. E os pais são sempre pais hehe

      Eliminar
  6. Tão bom, quando ainda temos o poder de os curar dessa maneira...

    ResponderEliminar