sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Os Bebés de Auschwitz

Olá olá!

Como vão de leituras?
Enquanto O Piruças anda entretido com o livro "Profecia", eu estive estes dois últimos meses a ler "Os Bebés de Auschwitz", mas finalmente terminei! Confesso que me custou a ler por ser uma leitura pesada... mas vejam a minha opinião mais abaixo!

Fotografia D'Os Piruças
Autor: Wendy Holden
Editor: Vogais
Género: História

SINOPSE:
Entre as vítimas do Holocausto enviadas para Auschwitz em 1944, três mulheres levavam consigo um segredo quando passaram pelos portões do infame campo de concentração.
Priska, Rachel e Anka estavam grávidas de poucas semanas, enfrentando um destino incerto longe dos seus maridos. Sozinhas, assustadas, e após terem perdido tantos familiares às mãos dos nazis, sentiam-se determinadas em lutar pelo que lhes restava: as vidas dos seus bebés.
Estas mulheres deram à luz em circunstâncias inimagináveis, com intervalos de semanas entre si. Quando nasceram, os bebés pesavam menos de 1,5 Kg cada, e os seus pais haviam sido assassinados pelas forças alemãs, enquanto as mães se haviam transformado em «esqueletos andantes».
Os Bebés de Auschwitz segue a incrível história das mães: primeiro em Auschwitz, onde sofreram o escrutínio cruel de Josef Mengele, o médico nazi conhecido como Anjo da Morte, que selecionava as mulheres grávidas à entrada do campo, destinando-as às câmaras de gás; depois num campo de trabalho alemão onde, esfomeadas, lutaram por esconder a sua gravidez; e, por fim, durante a viagem infernal de comboio, que durou 17 dias, até ao campo de concentração de Mauthausen, onde viriam a ser libertadas pelos Aliados.
A biógrafa Wendy Holden descreve toda a história com minúcia, destacando a coragem destas mulheres e a bondade dos desconhecidos que as ajudaram a sobreviver. "Os Bebés de Auschwitz" é um livro comovente e uma celebração da nossa capacidade de amar, ajudar e sobreviver mesmo nos contextos mais tenebrosos.

OPINIÃO: 
Foi um livro que custou muito a ler, não só pela dureza da história (não estava muito mentalizada para isso) como pelos pormenores detalhados e minuciosos que nos são relatados. A forma como está organizado o livro acabou por me dificultar a leitura e isso de certa forma desmotivou-me. Só consegui recuperar ânimo a partir de mais de meio livro. No final tudo é compensado. Relembra-nos a nossa capacidade de irmos buscar forças onde nem sabíamos que as tínhamos para lutar, para sobreviver. Relembra-nos ainda o poder do amor e a importância da entre-ajuda. Todos precisamos uns dos outros.

AVALIAÇÃO: ⭐⭐⭐

20 comentários:

  1. Respostas
    1. É muito duro de ler. É preciso estar mentalizado para aquilo que vamos encontrar... e na verdade eu não fui muito preparada. Beijinhos

      Eliminar
  2. Deve ser complicado. Mas sendo do estilo biográfico acho que iria gostar de ler.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostei de o ler apesar de ser um livro difícil de ler. Aconselho!

      Eliminar
  3. Curiosa, mas não teria coragem de ler. Acho que me ia revoltar e angustiar demasiado. Parabéns pela coragem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana. Sem dúvida que nos tras angustia e revolta, mas é importante perceber como é que as coisas aconteceram, perceber o que sentiram e pelo que tiveram que passar. Beijinhos

      Eliminar
  4. Quero ler este livro, mas sinto-me receosa pelo que poderei "descobrir" :/ Gostei de ler a opinião!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de ler mentaliza-te bem de que o que vais encontrar é duro. Obrigada pelo comentário :)

      Eliminar
  5. Já vi que só poderei ler quando estiver emocionalmente forte!!

    ResponderEliminar
  6. Sou fascinado pela historia da segunda guerra mundial. Estive a dois anos em Auschwitz, que deve ser o lugar da terra mais pesado. É dificil imaginar o que ali se passou e até onde pode ir a crueldade humana. Acho que nem temos bem noção. Gostei muito da critica. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostava de visitar o local. Também já me alertaram para isso mesmo. Do peso que o lugar tem. Obrigada pelo comentário 😉

      Eliminar
  7. Boas Piruças
    Porque será que o vosso blogue me aparece como actualizado à mais de 3 meses?
    Estranho
    Cump

    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Kique! Enviamos um email porque não compreendemos o que nos disse. Obrigada!

      Eliminar
  8. Olá olá!
    Gostaria muito de ler este livro, apesar de acreditar que deve ser muito intenso.
    Obrigada pela partilha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marisa! Apesar de ser intenso e muito detalhado, aconselho a ler. Beijinho

      Eliminar
  9. Vou ter em conta a crítica e vou ler o livro. Estou com curiosidade :)

    ResponderEliminar
  10. Eu tenho esse livro na minha wishlist depois de ter visto a reportagem que fizeram na SIC...

    Beijinhos,
    O meu reino da noite
    facebook | instagram | bloglovin

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vi essa reportagem. Era sobre o livro? interessante! Beijinhos

      Eliminar